sábado, 27 de novembro de 2010

A governadora eleita do Rio Grande do Norte, Rosalba Ciarlini, foi entrevistada na rodada dupla do Panorama do Vale na noite de ontem (26).

A repercussão foi imediata: durante a entrevista já surgiam notícias em sites baseadas nas respostas de Rosalba aos apresentadores do programa, Rodrigo Medeiros e Nelson Dantas.

A entrevista também recebeu destaque na edição de hoje do jornal Tribuna do Norte, que reproduzo abaixo:

Rosalba pede “paciência aos potiguares”

A governadora eleita do Rio Grande do Norte, Rosalba Ciarlini (DEM), confirmou ontem que assumirá o cargo, em janeiro, com “dívidas muito grandes” a pagar e pediu paciência aos potiguares, pois os primeiros meses deverão ser de “arrumação” da casa. Em entrevista concedida ao programa Panorama do Vale, da rádio Princesa do Vale, de Assu, a senadora destacou que irá lutar para superar as dificuldades financeiras.

“O governo está deixando dívidas muito grandes, que terei de honrar. Além disso, a situação é precária na saúde e na educação. Nos hospitais está faltando material e a segurança pública é uma calamidade. Saibam que nos primeiros meses vamos ter de fazer a reconstrução da credibilidade do estado, colocar a casa em ordem”, destacou Rosalba Ciarlini, quando perguntada sobre o hospital regional de Assu.

Ela lembrou da importância dos investimentos nos hospitais regionais, para que se consiga melhorar a saúde pública em todo o Rio Grande do Norte, descentralizando o atendimento e desafogando unidades como o Walfredo Gurgel. “Temos de fazer com que os hospitais regionais funcionem e para funcionar tem que dar as condições”, observou. A futura governadora estará hoje em Assu, para a assinatura do contrato com a empresa que irá administrar a Zona de Processamento de Exportações da região, conhecida como ZPE do Sertão.

“A assinatura é mais um passo para consolidar a ZPE do Sertão”, destacou. Ela prometeu lutar, em Brasília, para viabilizar o projeto, lembrando que dentre as emendas coletivas da bancada potiguar, o senador José Agripino (DEM) destinou uma de R$ 60 milhões para a infraestrutura da ZPE. “E essa emenda é fundamental para o município e o estado terem todas as condições para prepararem essa estrutura.”

Questionada sobre obras de prevenção contra as enchentes, sobretudo quanto ao assoreamento do rio Pataxó, ela voltou a lamentar os problemas financeiros do estado: “Esse primeiro ano vai ser muito difícil, até porque o tempo não vai dar condições de realizar muita coisa antes do inverno.” A governadora destacou que já vem trabalhando em propostas que possam ser adotadas, de forma emergencial, antes do próximo período chuvoso.

Para ler no site do Tribuna do Norte, clique aqui!

Comente!

Mais lidos da semana

Siga este blog

Arquivo

Tecnologia do Blogger.

- Copyright © 2013 Rodrigo Medeiros -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan | Distributed by Rocking Templates -