quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Habitação, economia, apoio ao empreendedorismo, atendimento em agência... foram muitos os assuntos abordados na entrevista de ontem (22) no Panorama do Vale com os gerentes da Caixa Econômica Federal (Ag. Assú), Francisco de Assis Ferreira Filho (Geral) e Arthur Saulo da Costa Fontes (Atendimento).

O programa foi marcado por uma grande participação de ouvintes, com sugestões, comentários e, principalmente, dúvidas, proporcional à quantidade de esclarecimentos e informações repassadas à população pelos gerentes.

Dentre os apontamentos da dupla, chamou a atenção o fato de que o Assú é o município com o maior número absoluto de financiamentos individuais contratados pelo programa de habitação popular “Minha Casa, Minha Vida” em todo o Rio Grande do Norte.

Financiar e construir demandam cuidados

Aos interessados em financiar sua casa própria pela Caixa, o gerente geral da agência Assú, Francisco de Assis Ferreira Filho, fez uma recomendação. “O financiamento é um casamento que pode durar décadas. É importante que se avalie direitinho se será possível assumir por tanto tempo a prestação mensal. Também é importante ser honesto consigo mesmo na hora de informar a sua renda. Hoje há muita informalidade na economia, e algumas pessoas tendem a informar ganhos extras para aumentar a capacidade de endividamento. Isso pode acabar se virando contra elas mesmas no futuro”, alertou.

Os gerentes também recomendaram atenção à etapa seguinte à aprovação do financiamento: as obras. “Visite regularmente as obras, verifique se os materiais empregados pelas construtoras são de boa qualidade e se o trabalho está sendo feito da maneira adequada. Essa é a melhor forma de evitar problemas. A Caixa inspeciona o imóvel, mas certos problemas só podem ser constados durante a construção ou quando resultarem transtornos no futuro”, afirmaram.

Segundo Francisco, a Caixa possui um cadastro de “maus construtores”, que impedem que empresas problemáticas voltem a ser contratadas pelos clientes. Francisco também lembrou a eficácia do “boca a boca”. “Converse com pessoas que já estão morando em seus imóveis. Essa é a melhor forma de saber quais são as construtoras nas quais você pode confiar mais ou menos”.

Comente!

Mais lidos da semana

Siga este blog

Arquivo

Tecnologia do Blogger.

- Copyright © 2013 Rodrigo Medeiros -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan | Distributed by Rocking Templates -