quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Um anúncio vago da NASA, feito no início da semana sobre uma descoberta de astrobiologia que “impactaria a busca por evidências de vida extraterrestre” encheu de especulações a internet.

Nesta tarde, finalmente, a agência espacial norte-americana revelou o mistério: foi descoberta nas profundezas de um lago na Califórnia, uma bactéria capaz de alimentar-se de arsênico, redefinindo o que a ciência considera como elementos necessários para a vida, como carbono, hidrogênio, nitrogênio, oxigênio, fósforo e enxofre.

E mais: o estudo da NASA revela que as bactérias vivem em arsênico e também crescem incorporando o elemento a seu DNA e membranas celulares. "O que é novo aqui é o arsênico sendo usado como tijolo pelo organismo", explicou Ariel Anbar, co-autor do estudo que será publicado na edição on-line da revista Science Express.

"Nós sempre tivemos a ideia de que a vida existe com estes seis elementos sem exceção e veja só, bem talvez haja uma exceção", afirmou.

Pois é... acho que hoje eu não durmo mais!

Comente!

Mais lidos da semana

Siga este blog

Arquivo

Tecnologia do Blogger.

- Copyright © 2013 Rodrigo Medeiros -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan | Distributed by Rocking Templates -