quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

A presidente eleita, Dilma Rousseff, sinalizou que o partido presidido por seu vice, Michel Temer, teria quatro ministérios. Michel Temer não gostou, reclamou bastante, disse que não aceitaria que sua legenda fosse “diminuída”. E não foi: terá 6 ministérios no futuro governo federal.

O ministro da Agricultura, Wagner Rossi, e o da Defesa, Nelson Jobim, permanecem onde estão. Os senadores peemedebistas Edison Lobão e o potiguar Garibaldi Alves Filho assumirão, respectivamente, as pastas de Minas e Energia e Previdência. O deputado Pedro Novais (Turismo), o ex-governador do Rio de Janeiro, Moreira Franco (Secretaria de Assuntos Estratégicos, que tem status de ministério) completam o time.

Sem tentar disfarçar o leve sorriso da vitória no rosto, Michel Temer disse nesta quarta-feira que “está bom, o PMDB continua do mesmo tamanho".

Comente!

Mais lidos da semana

Siga este blog

Arquivo

Tecnologia do Blogger.

- Copyright © 2013 Rodrigo Medeiros -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan | Distributed by Rocking Templates -