sexta-feira, 7 de janeiro de 2011


O tiro foi disparado via Twitter, só para variar. E a acusação é grave: o jornalista Joaquim Crispiniano Neto, presidente da Fundação José Augusto (FJA) entre 2007 e 2010, teria solicitado ao Ministério da Cultura (MEC), no apagar das luzes do governo Iberê, o cancelamento dos convênios assinados entre as duas instituições.

Quem divulgou foi a atual presidente da FJA, Isaura Rosado, que se disse estarrecida com o ocorrido e qualificou a atitude como “mesquinho procedimento”.

Ao que se sabe Crispiniano, imortal da Academia Brasileira de Literatura de Cordel, ainda não se pronunciou.

Para acessar o Twitter de Isaura Rosado clique aqui.

Comente!

Mais lidos da semana

Siga este blog

Arquivo

Tecnologia do Blogger.

- Copyright © 2013 Rodrigo Medeiros -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan | Distributed by Rocking Templates -