quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

O Panorama do Vale de hoje (27), entre outras e mais abrangentes análises, repercutiu a entrevista concedida ontem ao nosso programa pelo ex-prefeito do Assú, Ronaldo Soares.

O jornalista e publicitário João Maria Medeiros conhece bem a política pelo lado que a maioria das pessoas desconhece: o dos bastidores. Coordenador de marketing da campanha que rendeu ao ministro Garibaldi Alves Filho mais de um milhão de votos ao Senado Federal no ano passado, João trabalhou nas eleições municipais do Assú em 2008, colaborando com a vitória do atual prefeito do município, Ivan Lopes Júnior.

A indicação de João Maria para a campanha de Ivan foi do próprio Ronaldo Soares, que buscava fazer de Ivan seu sucessor. “Ronaldo já nos dizia naquela época que estava deixando a política e que era agora a vez de passar a bola para uma nova geração”, afirmou.

No entanto, como é sabido por qualquer um que acompanhe a política do Assú, a história não tem sido bem assim. Nas contas de João Maria, Ronaldo Soares protagonizou uma crise em relação à sua parceria com Ivan Júnior pelo menos uma vez a cada três meses desde a posse do prefeito. Crises unilaterais, como fez questão de ressaltar.

Para o experiente publicitário o comportamento de Ronaldo pode acabar ofuscando a promissora trajetória de seu filho, o recém-eleito deputado estadual George Montenegro Soares. “George é um rapaz inteligente, uma pessoa que a gente percebe que tem luz própria. Mas a postura de seu pai tem, sem dúvida, tem o potencial de ofuscar o seu crescimento como possível nova liderança”, analisou João Maria.

Ainda sobre a postura “belicosa” de Ronaldo, João Maria apontou: “Não precisamos nem falar sobre o passado mais distante. Os últimos oito anos de Ronaldo enquanto prefeito do Assú já demonstram o quanto essa sua forma agressiva de fazer política provoca atrasos para o município: foram oito anos em que a prefeitura só levou sarrafo por conta de intrigas com o governo do Estado, com Fátima Moraes...”.

De acordo com João Maria, Ronaldo acertou ao enfatizar que o momento é o de acreditar na nova geração. “Vivemos um momento em que a maioria dos políticos mais velhos e experientes encontra o seu ocaso. Alguns se aposentaram, como o ex-governador Geraldo Melo, outros buscaram novos espaços e apenas alguns seguem ainda empreendendo novas conquistas. Essa geração passada está entrando em declínio e não terá mais forças em alguns anos. O Assú tem diversos nomes de pessoas jovens e interessadas em fazer política. Não cito só Ivan, mas também Arnóbio Júnior, Wild Diniz, enfim: hoje, qualquer um que desenvolva um bom trabalho tem condições de se eleger”, disse.

Comente!

Mais lidos da semana

Siga este blog

Arquivo

Tecnologia do Blogger.

- Copyright © 2013 Rodrigo Medeiros -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan | Distributed by Rocking Templates -