quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Em participação no Panorama do Vale de ontem (12), o médico nefrologista Caio Otávio Lopes participou ontem do Panorama do Vale, oportunidade em que falou sobre problemas renais, esclareceu dúvidas dos ouvintes e divulgou informações sobre a Clínica de Diálise do Vale do Açu, instituição da qual é o técnico responsável.

Com capacidade inicial para realizar a hemodiálise de 45 pacientes por dia, a Clínica de Diálise do Vale do Açu tem atendido apenas a 28 (oriundos de três municípios e outro Estado), funcionando três dias por semana.

Em participação no Panorama do Vale de ontem (12), o médico nefrologista Caio Otávio Lopes, responsável pela clínica, fez um apelo aos dialíticos da região. “A Clínica está aberta, à disposição de quem quiser conhecer suas instalações, o tratamento da água para a diálise, as máquinas, a nossa equipe... Será um prazer conversar com quem quiser comparecer, seja renal ou apenas curioso. Ainda há quem opte por viajar a Natal e Mossoró para fazer o tratamento, passando pelo desconforto de pegar estrada após passar 4 horas na diálise. Eu aproveito a oportunidade para convidá-los a conhecer nossas instalações”, afirmou.

Hipertensão é a maior causa de Diálise no Brasil

Enquanto doenças como a AIDS estão praticamente controladas no Brasil, a incidência de doenças renais crônicas só tem aumentado. Segundo dados do censo da Sociedade Brasileira de Nefrologia de 2009 (os dados de 2010 ainda não foram divulgados) há pelo menos 53.816 doentes renais crônicos no país. “Esse número corresponde apenas aos pacientes de aproximadamente 65% das 626 unidades cadastradas à Sociedade Brasileira de Nefrologia, já que apenas 412 unidades responderam ao questionário da pesquisa”, afirmou Dr. Caio Lopes, no Panorama do Vale de ontem (12).

Esse alto índice se deve não só às questões genéticas, mas também às comportamentais. “O uso abusivo de medicações, especialmente os anti-inflamatórios; os hábitos alimentares... todos esses são fatores de risco. Nós, nordestinos, costumamos abusar do sal na comida e esse é um hábito perigoso”, alertou o especialista.

O sal é mesmo um perigo. Além de poder constituir cálculos renais, o uso abusivo do mineral pode causar hipertensão, a maior causa de diálise no Brasil.

Comente!

Mais lidos da semana

Siga este blog

Arquivo

Tecnologia do Blogger.

- Copyright © 2013 Rodrigo Medeiros -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan | Distributed by Rocking Templates -