quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Lendo a edição de hoje do Novo Jornal, diário natalense, vi que o senador José Agripino fez mira na TermoAçu e atirou. Segundo o democrata, se a termelétrica estivesse operando num sistema “minimamente bem gerido”, ao apagar a energia do Rio Grande do Norte no apagão da semana passada a usina “como ela foi planejada anos atrás” deveria entrar em operação imediatamente para suprir o Estado. “Vidas que eventualmente estivessem em risco em algum hospital seriam salvas. Mas não, a Termoaçu continuou a produzir vapor”, declarou, dizendo que a usina produz, na atualidade, “única e exclusivamente”, vapor, para ser injetado nos poços de petróleo da Petrobras no RN.

Achei que José Agripino havia se enganado. Escrevi matérias durante o ano passado para jornais de Natal e também para o Folha do Vale justamente sobre esse assunto: a autossuficiência energética do Rio Grande do Norte. Fiz esse questionamento ao Jean Paul Prates, especialista em energias alternativas, respeitado internacionalmente. A resposta eu reproduzo abaixo:

“Autossuficiência em capacidade de gerar o equivalente ao seu consumo não implica que num período de 4 horas se possa despacha-la. Com (as usinas eólicas) Alegria I e II, o RN atinge hoje capacidade de gerar sua própria demanda, mas permanece ligado ao SIN (Sistema Interligado Nacional) que é gerido pelo ONS (Operador Nacional do Sistema Elétrico). Com as novas eólicas operando na ponta da linha (2012/13) o RN vai aliviar o SIN e diminuir os riscos de interrupções na transmissão, mas não quer dizer q elas sejam "vagalumes", ligando e desligando a cada vez que tivermos uma interrupção de horas”, explicou, colocando fim em quaisquer dúvidas sobre o assunto.

{ 1 opinaram... read them below or add one }

  1. José Agripino deveria se limitar a fazer comentários sobre o que ele conhece. Como ele acha que pode criticar uma coisa que ele é na verdade um total ignorante? A Termoaçu é uma usina de cogeração,ou seja, gera vapor e também energia elétrica, isso ao mesmo tempo! Impossível gerar vapor sem gerar energia elétrica, visto que o "fogo" da caldeira é a saída dos gases quentes da turbina, que é exatamente o que gira o gerador para gerar energia elétrica!! Por favor Senador, poupe o RN de tanta politicagem!!!

    ResponderExcluir

Mais lidos da semana

Siga este blog

Arquivo

Tecnologia do Blogger.

- Copyright © 2013 Rodrigo Medeiros -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan | Distributed by Rocking Templates -