quarta-feira, 16 de março de 2011

A governadora Rosalba Ciarlini reuniu-se ontem (15) com o Ministro da Saúde, Alexandre Padilha, para renovar o pedido de um Hospital Materno-Infantil para Mossoró e resolver problemas emergenciais nessa área.

Durante a audiência, que contou com a presença da prefeita mossoroense Fafá Rosado, a governadora argumentou que o município não dispõe de nenhuma maternidade pública, mesmo sendo referência no interior. "Temos cerca de 600 partos/mês", adiantou a governadora, propondo como medida emergencial o credenciamento pelo Estado de mais quatro UTI Neonatal junto à Associação de Assistência e Proteção à Maternidade e Infância (APAMIM), que já tem 3 leitos conveniados com a Prefeitura de Mossoró. "Ainda é muito pouco para o tamanho da nossa necessidade", comparou Rosalba ao se referir às novas UTI, mas considerando-as essenciais para amenizar o problema.

O pedido do Hospital Materno-Infantil teve o aval do ministro da Previdência, Garibaldi Filho, do senador Paulo Davim, da coordenadora da bancada federal, deputada Sandra Rosado, e do deputado estadual Leonardo Nogueira, marido de Fafá.

A governadora também encaminhou ao ministro solicitação de equipamentos para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Belo Horizonte.

Durante a audiência, falou-se também a epidemia de dengue no Rio Grande do Norte, porém não foram divulgadas informações sobre resultados dessa discussão.

Comente!

Mais lidos da semana

Siga este blog

Arquivo

Tecnologia do Blogger.

- Copyright © 2013 Rodrigo Medeiros -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan | Distributed by Rocking Templates -