terça-feira, 26 de abril de 2011

O vice-governador Robinson Faria, que também responde pela secretaria de Recursos Hídricos do Estado, afirmou que amanhã (27) tomará posição em relação ao alagamento de áreas do município de Ipanguaçu, provocado pelo assoreamento do Rio Pataxó. A decisão foi tomada após cobrança do deputado estadual Fernando Mineiro que, aliás, foi quem anunciou a conversa e seu resultado final.

“Cobrei posição do Governo diante do alagamento de parte da cidade de Ipanguaçu. Falei com o secretário de Recursos Hídricos e vice-governador sobre a situação do Açude Pataxó, solicitando providências. Ele (Robinson Faria) me assegurou que amanhã (27) tomaria posição sobre o problema”, informou o deputado.

Até o momento, as águas do Rio Pataxó já invadiram sete casas, em dois bairros de Ipanguaçu: Maria Romana e Ubarana. A prefeitura e a Defesa Civil do município já providenciaram abrigo e assistência a essas sete famílias.

Normalmente as águas chegam ao Centro da cidade quando o transbordamento do Açude Pataxó atinge a marca de 70 centímetros. Apesar de ter havido uma diminuição no sangramento do Açude, que chegou à ter uma lâmina de água de quase 30 centímetros no domingo (24) e no início desta noite apenas 09 centímetros, a situação é preocupante.

Contribuem para o aumento do volume de água do Açude Pataxó as chuvas ocorridas nas regiões Central e Seridó e o “sangramento”da Barragem Armando Ribeiro Gonçalves, o que pode ocorrer até o final desta semana, já que no início desta noite faltavam apenas 40 centímetros para que isso ocorra.

De acordo com o prefeito de Ipanguaçu, Leonardo Oliveira, a situação poderia ser ainda pior. “Construímos, no ano de 2009, uma parede de 30 metros de expansão no leito do Rio Pataxó. Essa obra tem sido vital para segurar mais de 90% das águas do rio. O que tem chegado à cidade é menos de 10% do que poderia chegar”, afirmou Leonardo.

O prefeito, aliás, já informou à Defesa Civil do RN a delicada situação que vive neste momento o seu município. “Infelizmente o governo do Estado nada tem feito para nos ajudar até agora. Chegou-se a investir dinheiro público na elaboração de um caríssimo projeto de macrodrenagem do Rio Pataxó, mas o Estado não o levou adiante”, lamentou.

Comente!

Mais lidos da semana

Siga este blog

Arquivo

Tecnologia do Blogger.

- Copyright © 2013 Rodrigo Medeiros -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan | Distributed by Rocking Templates -