quinta-feira, 14 de abril de 2011

Demonstrando claramente que não quer tratar publicamente assuntos internos da legenda à qual está filiada, a petista Maira Leiliane, secretária de Desenvolvimento Social e Habitação do Assú, foi a entrevistada de hoje no Panorama do Vale (14), transmitido pela rádio Princesa do Vale.

Durante a maior parte do programa Maira discorreu sobre assuntos ligados às ações de sua pasta no executivo municipal. O que fez com bastante desenvoltura. Porém, quando questionada sobre as declarações dadas no mesmo programa pelo vice-prefeito do Assú, Alberto Luís Trigueiro, e que envolveram o seu nome, ela foi bem curta e objetiva.

“Confesso, com muita sinceridade, que fui surpreendida pelas declarações de Alberto, mas, também, quero deixar claro que continuo o vendo com o mesmo sentimento, como um companheiro de lutas, de partido. Nada mudou. Acho que a nota, por si, já esclarece tudo e eu não quero ficar abordando esse assunto. Questões internas do PT devem ser discutidas internamente. Não pretendo dar prosseguimento a essa discussão diante dos microfones”, afirmou.

Maira também declarou que acha que está muito cedo para que se iniciem discussões políticas, já que falta mais de um ano para as eleições de 2012. “A hora agora é de trabalho, é de pensar nos trabalhos e em contribuir com a gestão do município”, opinou. Em seguida, a petista declarou que não pretende deixar o PT. “Não penso nisso, penso, sim, em colaborar com o seu crescimento e fortalecimento”.

Lembrando

Em recente entrevista ao Panorama, realizada no último dia 06 de abril, o vice-prefeito do Assú e presidente do diretório municipal do Partido dos Trabalhadores, Alberto Luís Trigueiro, criou uma polêmica ao citar o nome de Maira. “Há informações de que Maira não seguiu a orientação do partido e votou no DEM (Rosalba Ciarlini). Isso terá que ser visto ainda”, revelou, após dar a entender que secretária poderia até ser expulsa do PT.

Na última segunda-feira (11), quem opinou sobre o assunto foi o deputado estadual Fernando Mineiro. “O que posso dizer é que Maira tem feito um trabalho muito importante como secretária municipal, um trabalho reconhecido na cidade, com muito empenho e que honra não só os cidadãos, mas o partido. Não vejo nada que a desabone. O PT, como todo partido, tem suas divergências e elas devem ser resolvidas internamente em seus diretórios, sem extrapolar o nível do razoável”, defendeu o parlamentar.

Segundo me informaram esta noite, Alberto já teria demonstrado sinais de arrependimento por ter tratado publicamente a questão. Perguntei a Maira, em meio a outras perguntas, se ele a havia procurado para se desculpar, mas a resposta se perdeu entre outras.

Comente!

Mais lidos da semana

Siga este blog

Arquivo

Tecnologia do Blogger.

- Copyright © 2013 Rodrigo Medeiros -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan | Distributed by Rocking Templates -