segunda-feira, 18 de abril de 2011

Assim como uma andorinha só não faz verão, a cúpula do DEM está convicta que Rosalba Ciarlini sozinha não pode “segurar” o partido.

De acordo com matéria publicada na edição de hoje (18) do jornal O Estado de São Paulo, os líderes do Democratas acreditam que a sobrevivência do partido, que está sendo esvaziado pelo novo PSD de Gilberto Kassab, passa necessariamente por manter na legenda o seu outro único governador, o de Santa Catarina, Raimundo Colombo.

Para tanto, o jornal afirma que o partido está realizando uma verdadeira operação de emergência, no sentido de evitar que uma debandada de catarinenses tire Colombo do DEM. O próprio senador potiguar José Agripino, presidente nacional do Democratas, teria almoçado na sexta-feira (15) com o governador sulista. Acompanhavam-nos o ex-senador Marco Maciel (PE). Saíram do restaurante sem garantia alguma de que obtiveram sucesso na empreitada.

Confirmando-se a – provável – saída de Colombo, parece inevitável ao Democratas uma fusão com o PSDB de Fernando Henrique Cardoso.

Comente!

Mais lidos da semana

Siga este blog

Arquivo

Tecnologia do Blogger.

- Copyright © 2013 Rodrigo Medeiros -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan | Distributed by Rocking Templates -