sexta-feira, 20 de maio de 2011

Câncer de próstata. Doença grave, relativamente comum e de diagnóstico simples. No entanto, muitos preferem viver as complicações da doença em estágio avançado, a descobri-la em seu início, através da prevenção pelo exame do toque e pelo laboratorial, chamado PSA.

Sobre o tema e suas particularidades, o Dr. Frederico Augusto, farmacêutico responsável pela Pharman (farmácia de manipulação com unidades em Assú e Macau) conversou com o urologista Máryo Kempes, que atua em Assú e em Natal.

Confira:

Dr. Frederico Augusto: Dr. Máryo, o que é a próstata e qual a função dela no nosso organismo?

Dr. Máryo Kempes: A próstata é uma glândula em formato de castanha, localizada abaixo da bexiga, por onde passa a uretra (canal onde passa a urina). É exclusivo do sexo masculino e é responsável pela produção de 95% do líquido seminal.

Dr. Frederico Augusto: Ter uma próstata aumentada, quer dizer que a pessoa tem câncer?

Dr. Máryo Kempes: Não, a partir dos quarenta anos de idade é normal o crescimento da próstata, sendo que, este crescimento pode levar a uma doença: hiperplasia prostática benigna (HPB), não tendo nenhuma relação entre o tamanho da próstata e câncer. Pequenas próstatas podem ter câncer. Lembramos que o tamanho normal é dado pelo seu peso (25 gramas).

Dr. Frederico Augusto: No caso do crescimento benigno da próstata, quais os principais inconvenientes que o paciente pode ter? Qual seria o tipo de tratamento nesse caso?

Clique aqui para ler a entrevista completa

Comente!

Mais lidos da semana

Siga este blog

Arquivo

Tecnologia do Blogger.

- Copyright © 2013 Rodrigo Medeiros -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan | Distributed by Rocking Templates -