segunda-feira, 16 de maio de 2011

Como forma de minimizar os riscos à saúde da população provocados pelo acúmulo das águas das enchentes nas ruas e casas da cidade, a prefeitura de Ipanguaçu iniciou neste domingo (15), no bairro Maria Romana, a ação denominada “Cidade Limpa”. Trata-se da prestação de um conjunto de serviços, aliado à promoção de um verdadeiro mutirão de limpeza.

Dedetização de residências, vacinação, visitas de agentes de saúde e de endemias, esgotamento de fossas sépticas, alertas com placas identificando a contaminação das águas, limpeza e coleta de lixo, testes de glicemia, verificação da pressão arterial, aplicação de flúor, distribuição de sulfato ferroso para as crianças (de 06 meses a 02 anos de idades), além de palestras, apresentação de fantoches, campanhas informativas e panfletagens. Estes e outros serviços foram oferecidos à população.

“Com a trégua das chuvas, os trabalhos de limpeza urbana têm condições de serem intensificados. Vamos replicar esta ação em outras localidades. Começamos pelo Maria Romana por ter sido este o primeiro bairro atingido pela cheia do Rio Pataxó deste ano e, também, por ser o ponto da cidade onde as águas acumuladas nas ruas e casas pelas enchentes apresentam o maior grau de contaminação”, afirmou o prefeito Leonardo Oliveira, fazendo referência ao laudo emitido na semana passada pela II Unidade Regional de Saúde Pública (II URSAP), que colheu e examinou amostras de água de três diferentes localidades do município.

Para a dona de casa Aldaclenia da Silva, que reside há mais de 30 anos no bairro, iniciativas como a “Cidade Limpa” fazem a diferença na prevenção de doenças. “Nunca vi este tipo de coisa em nosso bairro, essa preocupação com o povo. Agentes de saúde passando nas residências, orientando os moradores e deixando sacos de lixo e pó (hipoclorito) para o tratamento da água... Isso tudo chama a atenção dos moradores do bairro, fazendo com que fiquemos mais atentos” afirma a moradora, declarando-se satisfeita com a ação.

De acordo com o prefeito Leonardo Oliveira, a conscientização da população é essencial neste momento delicado. “As águas estão baixando gradativamente, e nossa preocupação passa a ser os problemas que podem afetar a saúde dos moradores, como a ocorrência de casos de dengue e contaminação dos alimentos e água. A população precisa ficar alerta”, disse o prefeito que tem a preocupação com o grande volume d’ água parada em algumas localidades.

O bairro Ubarana será a próxima a receber o multidão de limpeza que terá continuidade em outros bairros e localidades da cidade.

Ipanguaçu, no Vale do Açu, é o município mais atingido pelos alagamentos no RN. Mais de 578 pessoas (163 famílias) estão sob assistência da prefeitura, vivendo em abrigos municipais ou em casas de parentes. Até o momento, cinco bairros foram atingidos pelas águas, que apresentam um sensível recuo. São eles: Maria Romana, Ubarana, Manoel Bonifácio, Frei Damião e Pinheirão.

Confira mais fotos:

Comente!

Mais lidos da semana

Siga este blog

Arquivo

Tecnologia do Blogger.

- Copyright © 2013 Rodrigo Medeiros -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan | Distributed by Rocking Templates -