quarta-feira, 25 de maio de 2011

O Governo do Estado anunciou esta tarde (25) que o cronograma das obras do Complexo Viário da Abolição, que sofreu redução no ritmo dos trabalhos em virtude do período invernoso, será intensificado para que os serviços sejam executados dentro do prazo inicialmente previsto.

A secretária de Estado da Infraestrutura, Kátia Pinto, afirmou que a governadora Rosalba Ciarlini deseja inaugurar o Complexo até junho do próximo ano.

"Estamos trabalhando para cumprir a determinação da governadora", disse Kátia, acrescentando que no próximo mês de junho a empresa responsável pela obra iniciará a intervenção viária, com a duplicação da Avenida do Contorno, que vai da entrada de Mossoró (pela BR-304) até o conjunto Redenção. São 17 quilômetros de extensão.

Atualmente, segundo Kátia Pinto, as obras do Complexo Viário da Abolição se concentram nos viadutos 4 e 5, sendo um na entrada de Mossoró e outro próximo à BR-405, que dá acesso à cidade de Apodi. Os próximos serão os viadutos dos conjuntos habitacionais Santa Delmira e Abolição III, bem como o da Avenida João da Escóssia, que dá acesso ao Mossoró West Shopping e à UnP.

A obra do Complexo Viário da Abolição está orçada em R$ 57 milhões, dos quais R$ 6 milhões são de contrapartida do Governo do Estado. Recentemente a governadora Rosalba Ciarlini conseguiu, junto ao Governo Federal, a liberação de R$ 5,2 milhões, que se somam aos R$ 9 milhões liberados anteriormente.

A secretária de Estado da Infraestrutura afirmou que a obra agora passou a constar do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e que, por isso, as obras não devem sofrer paralisações por falta de verba.

Rodoviária

A Secretaria de Estado da Infraestrutura também divulgou que já está elaborando projetos relacionados ao Terminal Rodoviário Diran Amaral, área de lazer, Teatro Estadual Lauro Monte Filho, Itep e Hospital Regional Rafael Fernandes.

O primeiro diz respeito ao terminal rodoviário. A secretária Kátia Pinto disse que o projeto contemplará a instalação da Central do Cidadão e do Detran.

Com relação ao Hospital Regional Rafael Fernandes, a secretária informou que o projeto já foi concluído e que a governadora assinou a ordem de serviço. "Já demos a ordem de serviço e a reforma do hospital será iniciada. Aquele prédio está precisando de reformas", afirmou Kátia Pinto. A obra está orçada em R$ 900 mil.

Além desses serviços, o Governo do Estado informou que pretende construir um campo de futebol no conjunto Abolição I e o Parque da Cidade, no bairro Ilha de Santa Luzia, uma parceria com a Universidade Federal Rural do Semiárido (UFERSA) e entidades ligadas ao meio ambiente.

Comente!

Mais lidos da semana

Siga este blog

Arquivo

Tecnologia do Blogger.

- Copyright © 2013 Rodrigo Medeiros -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan | Distributed by Rocking Templates -