terça-feira, 10 de maio de 2011

A Petrobras assinou ontem (09) com o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade – ICMBio, contrato para realização de Projeto de Monitoramento de Sirênios na Bacia Potiguar. O projeto terá vigência de trinta meses, durando de 2011 até 2014, e irá monitorar os peixes-boi marinhos na faixa litorânea entre os municípios de Touros (RN) e Beberibe (CE), onde, de acordo com informações repassadas pelo ICMBio, foi registrada a maioria dos encalhes da espécie nos últimos anos.

A Petrobras investirá R$ 3,83 milhões no projeto, que consiste na realização de sobrevoos para estimativa populacional da espécie e na marcação dos sirênios com transmissores para telemetria via satélite. O objetivo é incrementar o conhecimento científico sobre a população dos peixes-boi marinhos da região. Para o presidente do ICMBio, Rômulo Mello, “a realização deste projeto será de extrema importância para reconhecer os hábitos desses animais que já sofreram tanto pela ação humana e que estão seriamente ameaçados de extinção”.

O peixe-boi marinho (Trichechus manatus manatus) é o mamífero aquático mais ameaçado de extinção no Brasil, classificado como “Criticamente em Perigo” pela Lista Oficial de Espécies da Fauna Brasileira Ameaçadas de Extinção.

Atualmente, estima-se que a população de peixes-boi marinhos tenha entre 200 e 500 indivíduos e sua distribuição ao longo do litoral norte-nordeste do país vem apresentando sinais de declínio.

Comente!

Mais lidos da semana

Siga este blog

Arquivo

Tecnologia do Blogger.

- Copyright © 2013 Rodrigo Medeiros -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan | Distributed by Rocking Templates -