quarta-feira, 11 de maio de 2011

Entrevistado de ontem (10) do Panorama do Vale, o administrador Flávio Cruz (Pipa), diretor do Hospital Regional Nelson Inácio dos Santos, em Assú, rebateu críticas sobre uma suposta falta de médicos e de atendimentos feitas por Fátima Moraes, em participação anterior no mesmo programa.

Segundo Pipa, as críticas são infundadas. “Eu estava ouvindo o programa atentamente lá do hospital e fiquei surpreso com as declarações. Se você quer saber como está o atendimento, dona Fátima, vá lá no hospital. Lhe convido para conhecer nosso novo aparelho de raios-x, nosso novo microscópio, nosso laboratório informatizado... Aí a senhora poderá até nos ajudar, dando suas sugestões”, afirmou, refutando ainda que haja falta de médicos. “O que acontece, às vezes, é de pacientes chegarem no momento de descanso médico, mas os profissionais estão sempre lá, cumprindo a escala”, esclareceu.

Pipa ainda concordou com um ouvinte, que ligou para a rádio para informar que almoça todo dia no restaurante popular do Frutilândia, que Fátima Moraes afirmou no Panorama que estava fechado. “Com certeza está aberto e funcionando”, disse.

Ao responder um ouvinte, que perguntou até quando pacientes continuariam sendo transferidos para Mossoró ou Natal, Flávio Cruz falou sobre evolução. “Antes sequer havia combustível certo para a ambulância levar pacientes para essas cidades. Hoje muitos casos de média complexidade são atendidos no Hospital Regional e os outros, mais graves, seguem para os hospitais com mais recursos, de referência. Os problemas de saúde são muitos e os recursos escassos, mas avançamos bastante”, comparou.

Comente!

Mais lidos da semana

Siga este blog

Arquivo

Tecnologia do Blogger.

- Copyright © 2013 Rodrigo Medeiros -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan | Distributed by Rocking Templates -