segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Convidada pelo Governo Federal, a professora Aloma Dayane, da rede municipal de ensino de Ipanguaçu, vai participar do I Seminário da Olimpíada de Língua Portuguesa, que será realizado em Brasília nos próximos dias 29 a 31 de agosto. Apenas três municípios dos 167 do Rio Grande do Norte tiveram representantes convidados no evento, que reúne professores de todo o país: Ipanguaçu, Natal e Pau dos Ferros. Estes dois últimos municípios serão representados pelas professoras Tânia Aires e Diana Mendes, respectivamente.

A professora ipanguaçuense, que foi coordenadora municipal das Olimpíadas de Língua Portuguesa do ano passado, competição que ocorreu em todos os municípios do Brasil, participará na qualidade de debatedora dos temas apresentados no evento. Mais duas professoras iram representar o Rio Grande do Norte no evento, Tania Maria Aires da cidade de Natal, Diana Mendes de Pau dos Ferros.

Em Ipanguaçu, a Olimpíada de Língua Portuguesa reuniu alunos e professores de 16 escolas em torno da competição, que tem por objetivo desenvolver ações para a ampliação do conhecimento e aprimoramento da escrita. Muito mais que um concurso de textos, a Olimpíada é uma oportunidade para o aperfeiçoamento de professores e uma ocasião especial para que os alunos possam desenvolver as práticas de leitura e escrita.

De acordo com Aloma Dayane, o convite do Governo Federal deve ter sido motivado pelo interesse que o Ministério da Educação demonstrou em um diferencial espacial da aplicação das olimpíadas em Ipanguaçu. “Quando concluímos as olimpíadas, decidimos publicar todos os textos vencedores dos nossos alunos. Esta é uma iniciativa única no Brasil. Os livros estão dispostos nas bibliotecas das escolas municipais e cada aluno vencedor foi presenteado com a obra. Acreditamos que, dessa forma, estamos incentivando ainda mais o hábito da leitura e da escrita. Os alunos vencedores estão orgulhosos e os que não venceram estão motivados, pois querem ter seus nomes e textos registrados no próximo livro”, disse a professora.

O I Seminário da Olimpíada de Língua Portuguesa tem o objetivo de promover, no âmbito das próximas edições da Olimpíada de Lingua Portuguesa, uma reflexão tanto sobre práticas didáticas e de formação docente quanto sobre pesquisas a respeito, assim como, estabelecer um diálogo entre orientações oficiais, de um lado, e, de outro, pesquisas, práticas de ensino e de formação docente de todo o País. Em três dias de encontro, os convidados participarão de conferências com especialistas; relatos de práticas de sala de aula e de formação docente; apresentações de pesquisas sobre a Olimpíada ou sobre o programa Escrevendo o Futuro e grupos de trabalho.

Ao todo, participarão do Seminário 400 convidados, entre professores de alunos semifinalistas da Olimpíada, técnicos da secretaria de educação que realizam ações de formação em língua portuguesa e pesquisadores acadêmicos.

A Olimpíada de Língua Portuguesa é realizado pelo Ministério da Educação (MEC) e pela Fundação Itaú Social, com coordenação técnica do Centro de Estudo e Pesquisa em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec), e tem como parceiros na execução das ações: Todos pela Educação, Canal Futura, Conselho Nacional de Secretários de Educação - Consed - e União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação - Undime.

Comente!

Mais lidos da semana

Siga este blog

Arquivo

Tecnologia do Blogger.

- Copyright © 2013 Rodrigo Medeiros -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan | Distributed by Rocking Templates -