quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Após muito rebuliço, a Caixa Econômica Federal informou nesta quarta-feira (21) que decidiu suspender a veiculação de uma campanha publicitária sobre os 150 anos da instituição. A prosaica propaganda, por sua simplicidade, certamente teria passado despercebida, não fosse um pequeno detalhe, que fez toda a diferença: o personagem principal da peça, o escritor Machado de Assis, era – inacreditavelmente – interpretado por um ator branco.

“O banco pede desculpas a toda a população e, em especial, aos movimentos ligados às causas raciais, por não ter caracterizado o escritor, que era afro-brasileiro, com a sua origem racial”, afirmou o presidente da Caixa, Jorge Hereda, através de nota oficial divulgada pelo banco.

O mais incrível nisso tudo é que, entre criação, execução e produto final, essa peça passou por muita gente. E ninguém notou?!

Comente!

Mais lidos da semana

Siga este blog

Arquivo

Tecnologia do Blogger.

- Copyright © 2013 Rodrigo Medeiros -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan | Distributed by Rocking Templates -