terça-feira, 6 de setembro de 2011

A emenda do deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), apresentada em nome da bancada potiguar, prorrogando a isenção da tarifa adicional sobre o frete de produtos embarcados nos portos do Norte e Nordeste, foi aprovada na sessão desta terça-feira (6).

O sal potiguar está entre os principais produtos beneficiados com a isenção da tarifa para produtos embarcados em navegação de cabotagem, rios e lagos. A prorrogação é válida por mais cinco anos, a partir de janeiro de 2012 até janeiro de 2017. O prazo da isenção atual, também de cinco anos, acaba em janeiro do próximo ano.

A emenda acatada pela relatora, deputada Manuela D`Ávila (PCdoB-RS), foi apresentada pelo líder do PMDB na Câmara dos Deputados durante a apreciação da Medida Provisória 534, que trata de incentivos para a inclusão de tabletes tecnológicos (computadores sem teclados) no Programa de Inclusão Digital do governo federal.

A isenção foi prorrogada atendendo a uma reivindicação dos salineiros do Rio Grande do Norte. A indústria salineira potiguar responde por 95% do sal extraído no Brasil. Com a isenção e, consequentemente, o barateamento do frete, o sal potiguar fica mais competitivo, já que o produto similar importado do Chile chega ao Brasil mais barato e livre de tarifas.

Comente!

Mais lidos da semana

Siga este blog

Arquivo

Tecnologia do Blogger.

- Copyright © 2013 Rodrigo Medeiros -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan | Distributed by Rocking Templates -