quinta-feira, 27 de outubro de 2011

- Diário de Natal: Médicos suspendem cirurgias ortopédicas
(Os 25 profissionais que realizam cirurgias no Hospital Deoclécio Marques anunciaram suspensão dos procedimentos por atraso nos salários e falta de material adequado para operar)

- Tribuna do Norte: Pesquisa reprova 68,2% das estradas potiguares
(O DER, segundo o secretário Demétrio Torres, não tem recursos. Dos 13 projetos de novas estradas, dez estão parados por falta de verbas)

- Novo Jornal: Polícia caça fora do país assassino do homem-bomba
(Delegado descarta associação de morte de Anderson Miguel com Operação Hígia e revela investigação no exterior; evidências apontam para quatro suspeitos)

- De Fato: Rosalba visita Mossoró e anuncia várias obras (Mossoró)
(A agenda positiva da governadora Rosalba Ciarlini (DEM), depois do rompimento político com o vice-governador Robinson Faria (PSD) e a recomposição do governo terá continuidade hoje em Mossoró)


- O Globo: Na Cartão vermelho - Orlando sai, mas PCdoB fica
(Ministro do Esporte, 5º a cair por denúncias de corrupção, deve ser substituído por Aldo)

- Folha de São Paulo: Sob suspeita, ministro do Esporte deixa o governo
(Secretário-executivo fica interinamente no cargo; Planalto diz a PC do B que partido manterá pasta)

- O Estado de São Paulo: Cai o 6º ministro de Dilma; interino assume Esporte
(Orlando Silva não pretendia entregar o cargo, mas presidente alegou que credibilidade do País estava em jogo)

- Correio Braziliense: Fora do jogo
(Sob suspeita, Orlando pede para sair. Dilma e PC do B negociam substituição)

- Valor Econômico: Câmbio faz rentabilidade da exportação crescer 15%
(A valorização do dólar deu ao exportador um ganho de rentabilidade de 14,9% em setembro na comparação com o mesmo mês do ano passado, segundo cálculos da Fundação Centro de Estudos do Comércio Exterior (Funcex))

- Estado de Minas: Fora do jogo
(Denúncias de desvio de verba obrigam Orlando Silva a deixar o Ministério do Esporte)

- Jornal do Commercio: Enem vaza novamente (Pernambuco)

- Zero Hora: Sucessão de crises na gestão Dilma abate um ministro a cada 50 dias (Rio Grande do Sul)
(Em 10 meses de governo, Orlando Silva, do Esporte, é o sexto ministro da presidente a deixar o posto, o quinto por suspeita de envolvimento em corrupção) 

Comente!

Mais lidos da semana

Siga este blog

Arquivo

Tecnologia do Blogger.

- Copyright © 2013 Rodrigo Medeiros -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan | Distributed by Rocking Templates -