quinta-feira, 10 de novembro de 2011

- Diário de Natal: Sonegação fiscal: Rombo de R$ 395 milhões
(Ministério Público Estadual denunciou 29 pessoas, a maioria “laranjas”, ligadas a empresas acusadas de sonegar impostos no montante de R$ 17,5 milhões)

- Tribuna do Norte: STF adia decisão sobre Ficha Limpa após 1º voto favorável
(O ministro Luiz Fux votou pela constitucionalidade da norma, mas o julgamento foi interrompido por um pedido de vista do ministro Joaquim Barbosa)

- Novo Jornal: ÊPA! Esquema conta com cooperativa
(Cooperativa comandada pelos mesmos diretores da ONG é parceira do instituto nos convênios firmados com órgãos do governo federal)

- De Fato: Rosalba pede prioridade para duplicação da 304 (Mossoró)
(Um dos pontos mais enaltecidos durante a reunião da governadora Rosalba Ciarlini (DEM) com a bancada federal do RN para definir as emendas coletivas e individuais ao Orçamento Geral da União foi a duplicação da BR-304)


- O Globo: Ocupação em contagem regressiva - Policiais são presos ajudando traficantes a fugir da Rocinha
(Agentes federais que monitoravam bandidos flagraram banda podre)

- Folha de S. Paulo: Mercados fazem pressão para Berlusconi sair logo
(Incerteza sobre saída joga Bolsas para baixo e juros para cima; Merkel e Sarkozy falam em mudanças)

- O Estado de S. Paulo: Senado aprova exigência de 'álcool zero' para dirigir
(Mudanças que endurecem a lei seca vão agora para a Câmara, mas especialistas fazem críticas)

- Correio Braziliense: Tolerância zero para quem bebe e dirige
(Projeto aprovado ontem no Senado fortalece a lei seca: torna crime a condução de veículos sob a influência de qualquer concentração alcoólica ou de substância psicoativa)

- Valor Econômico: Socorro à Itália pode exigir € 700 bi
(A deterioração da situação da Itália poderá forçar o próximo governo a buscar ajuda financeira externa)

- Estado de Minas: Álcool e direção: tolerância zero
(O Senado aprovou projeto de lei que torna mais rigorosa a Lei Seca, passando a considerar crime de trânsito dirigir sob efeito de qualquer quantidade de bebida alcoólica)

- Jornal do Commercio: Tolerância zero para quem bebe e dirige (Pernambuco)
(CCJ do Senado aprova projeto que torna crime dirigir sob efeito de qualquer quantidade de álcool, acaba a obrigação do bafômetro para comprovar embriaguez e aumenta penas dos infratores)

- Zero Hora: Senado aprova pena maior para quem dirigir após beber (Rio Grande do Sul)
(Decisão, a ser apreciada pela Câmara dos Deputados, torna crime a condução de veículos por motoristas que tenham ingerido qualquer quantidade de álcool)

Comente!

Mais lidos da semana

Siga este blog

Arquivo

Tecnologia do Blogger.

- Copyright © 2013 Rodrigo Medeiros -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan | Distributed by Rocking Templates -