quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

- Diário de Natal: Castigo sem crime
(A jovem Maria Elayne Soares Fonseca passou 149 dias presa sob a acusação de tráfico de drogas, após erro de policiais militares)

- Tribuna do Norte: Meta econômica é revisada após a variação zero no PIB
(O resultado deve-se, sobretudo, à queda da atividade na indústria e em serviços)

- Novo Jornal: Juíza decide até sexta se abre processo da inspeção
(Denúncia do MP contra 34 pessoas acusadas de envolvimento em irregularidades na criação do programa de inspeção veicular chegou ontem à Justiça)

- De Fato: Risco da dengue no RN pode ser maior, diz Governo (Mossoró)
(Mais de 60% dos municípios do RN estão em situação de risco, segundo a subcoordenadora de vigilância epidemiológica do Estado, Juliana Araújo)

- O Globo: PIB estagnado - Consumo de famílias cai e economia para de crescer
(Bancos e consultorias reduzem estimativa de expansão brasileira este ano)

- Folha de São Paulo: Brasil para de crescer
(Serviços, indústria e consumo encolhem; Dilma estuda conceder novos incentivos)

- O Estado de São Paulo: PIB estaciona e mercado prevê expansão inferior a 3% no ano
(Contenção do crédito e crise externa afetam consumo e serviços; crescimento de 2012 também está ameaçado)

- Correio Braziliense: Brasil cresce menos que Europa em crise
(PIB do terceiro trimestre só não foi negativo por causa do agronegócio)

- Valor Econômico: Queda geral da demanda surpreende
(As restrições à expansão doméstica e as expectativas negativas sobre a crise na Europa se disseminaram por toda a economia a ponto de paralisá-la no terceiro trimestre)

- Estado de Minas: Sobrou para o Papai Noel
(Alta do consumo interno com as festas de fim de ano é a aposta para fazer a economia, estagnada, voltar a crescer)

- Jornal do Commercio: País tem crescimento zero (Pernambuco)
(PIB nacional (total de bens e serviços produzidos) teve evolução nula no terceiro trimestre, em comparação com o anterior)

- Zero Hora: Código Florestal passa pelo Senado (Rio Grande do Sul)
(Após sete meses de negociação e cinco horas de votação, senadores mudam regras para a relação entre o campo e o meio ambiente. Projeto segue para a Câmara)

Comente!

Mais lidos da semana

Siga este blog

Arquivo

Tecnologia do Blogger.

- Copyright © 2013 Rodrigo Medeiros -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan | Distributed by Rocking Templates -