terça-feira, 20 de dezembro de 2011

O Tribunal de Justiça do RN condenou o Banco do Brasil ao pagamento de R$5 mil, a título de indenização por danos morais a uma cliente que foi indevidamente inserida nos cadastros de proteção ao crédito.

Segundo consta nos autos, a cliente alegou que em virtude ocorrido, se viu impossibilitada de adquirir sua casa própria, o que teria deixado a dua família “desesperada”.

De acordo com o Desembargador Amaury Moura Sobrinho, o valor da indenização compensa o “dissabor” causado à cliente do Banco do Brasil, sem implicar em enriquecimento sem causa, e cumpre papel pedagógico.

Cá entre nós, “papel pedagógico”?! Essa quantia, R$ 5 mil, mediante os astronômicos lucros do Banco do Brasil? Então, tá!

Comente!

Mais lidos da semana

Siga este blog

Arquivo

Tecnologia do Blogger.

- Copyright © 2013 Rodrigo Medeiros -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan | Distributed by Rocking Templates -