segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Uma investigação do CNJ (Conselho Nacional de Justiça) descobriu que cerca de R$ 6,4 milhões em bens doados pelo órgão a tribunais estaduais simplesmente desapareceram, informa reportagem de Leandro Colon e Felipe Seligman, publicada na edição desta segunda-feira (30) do jornal Folha de SP.

De acordo com dados publicados em um relatório inédito do órgão, a que a Folha teve acesso, as cortes regionais não sabem explicar onde foram parar 5.426 equipamentos, entre computadores, notebooks, impressoras e estabilizadores, entregues pelo CNJ para aumentar a eficiência do Judiciário. O estado campeão em irregularidades é a Paraíba, com R$ 3,4 milhões desaparecidos. O Rio Grqnde do Norte é o segundo colocada neste ranking vergonhoso: de R$ 901 mil, não se sabe dar conta de onde foram parar R$ 610 mil, quase 68% do total.

A auditoria mostra ainda que os tribunais mantêm parados R$ 2,3 milhões em bens repassados. Esse material foi considerado "ocioso" pelo conselho na apuração, encerrada no dia 18 de novembro.

Os tribunais estaduais dizem que vão investigar o destino de bens desaparecidos. 

Comente!

Mais lidos da semana

Siga este blog

Arquivo

Tecnologia do Blogger.

- Copyright © 2013 Rodrigo Medeiros -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan | Distributed by Rocking Templates -