quarta-feira, 4 de abril de 2012


A Petrobras e a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) inauguraram nesta terça-feira (03), na cidade de Extremoz (RN), a planta piloto para cultivo de microalgas a serem utilizadas na produção de biodiesel. A iniciativa, segundo a Petrobras, permitirá um avanço nas pesquisas - realizadas até agora apenas em laboratórios - sobre o potencial das microalgas como nova alternativa de suprimento para biodiesel. A solenidade teve a presença do presidente da Petrobras Biocombustível, Miguel Rossetto, e do gerente geral de Pesquisa e Desenvolvimento de Abastecimento e Biocombustíveis, Alípio Ferreira Junior, além de representantes da universidade.

“A produção de microalgas é um dos projetos de pesquisa prioritários da Petrobras, em razão da sua potencialidade de produção, atuando também na absorção de CO2 e na limpeza da água. Esse projeto coloca a Petrobras na vanguarda das pesquisas de renováveis na América Latina”, explicou Miguel Rossetto. 

Os executivos visitaram a planta e conheceram as instalações, que contam com tanques abertos nos quais as microalgas serão cultivadas, cada um com a capacidade de quatro mil litros. Dessa forma, será possível incrementar os estudos sobre a produtividade das microalgas e do seu teor de óleo nas condições climáticas do Rio Grande do Norte, região propícia ao cultivo desses organismos.

O projeto identificou cerca de 10 espécies de microalgas capazes de crescer em água de produção de petróleo, uma vez que serão cultivadas nesses tanques. Segundo os pesquisadores, as microalgas têm potencial de produção de óleo superior ao das oleaginosas típicas para biodiesel. Outra característica relevante é que "sequestram" carbono com taxa mais elevada que vegetais.

“Esta inauguração é um momento muito feliz para todos nós que trabalhamos com inovação. Hoje, ao inaugurar a planta que representa a saída do projeto do laboratório, estamos virando uma página e ganhando condições mais próximas da realidade”, afirmou Alípio Ferreira Junior, gerente geral do Centro de Pesquisas da Petrobras (Cenpes).

Comente!

Mais lidos da semana

Siga este blog

Arquivo

Tecnologia do Blogger.

- Copyright © 2013 Rodrigo Medeiros -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan | Distributed by Rocking Templates -