sábado, 12 de maio de 2012


- Diário de Natal: Turismo enfrenta maior crise dos últimos cinco anos
(Sem investimentos em infraestrutura e com pouca divulgação, atividade encolhe no RN em número de empregos gerados e de visitantes recebidos)

- Tribuna do Norte: Governadora já tem nomes para mudanças na equipe
(Após as dificuldades e recusas iniciais para recompor o secretariado, a governadora Rosalba Ciarlini conta poder definir, neste fim de semana, a maior parte das mudanças que pretendia fazer na equipe)

- Novo Jornal: Greve vai deixar 315 mil sem ônibus
(Sindicato dos Motoristas anuncia greve para segunda e ameaça tirar de circulação até os 30% exigidos por lei; empresários veem precipitação; prefeitura só observa)

- De Fato: MP denuncia mais 4 por assassinato de F. Gomes (Mossoró)
(O tenente-coronel Marcos Antônio de Jesus Moreira e mais três suspeitos foram denunciados pelo Ministério Público Estadual de Caicó pela morte do jornalista e radialista Francisco Gomes de Medeiros, o "F. Gomes", assassinado no dia 18 de outubro de 2010. Os quatro foram presos na última fase da investigação e se juntam a outros dois. Ainda não há prazo para que os seis acusados sejam julgados)

- O Globo: Desvio de verbas públicas deve levar à condenação de empresas
(A condenação por crimes contra a administração pública, como corrupção e desvio de verbas, poderá ser estendida a empresas. A proposta já foi aprovada pela Comissão de Juristas criada pelo Senado para discutir mudanças no Código Penal e será levada a debate na Casa. Hoje, só pessoas físicas são condenadas por corrupção, e empresas têm apenas penalidades como multas e proibição de firmar novos contratos)

- Folha de São Paulo: Para relator, é desnecessário CPI convocar procurador
(O relator da CPI do Cachoeira, deputado Odair Cunha (PT-MG), disse considerar desnecessário que o procurador-geral, Roberto Gurgel, seja convocado a depor. Gurgel tem sido pressionado a explicar por que não investigou Demóstenes Torres (ex-DEM-GO) em 2009, quando a PF já tinha evidências de envolvimento do senador com o contraventor)

- O Estado de São Paulo: Governo quer acabar com reajuste anual de tarifas de energia
(A renovação dos contratos de concessão das empresas de energia elétrica deve vir acompanhada de uma mudança radical nas regras do setor. O governo está elaborando o fim dos reajustes anuais das tarifas, baseados nos índices de inflação. A ideia seria, a partir da prorrogação dos contratos, em 2015 e 2017, fazer apenas revisões tarifárias, a exemplo das que ocorrem hoje, em cinco anos. A medida vai na direção dos planos do ministro Guido Mantega (Fazenda), que já manifestou interesse de desindexar a economia. As empresas, porém, poderão pedir revisões extraordinárias a qualquer momento se comprovarem que há desequilíbrio nas contas)

- Correio Braziliense: TJDF quebra sigilo de Cachoeira e mais sete
(A organização criminosa chefiada por Carlinhos Cachoeira sofreu ontem um duplo revés. A pedido do Ministério Público, a Justiça do Distrito Federal decretou a quebra dos sigilos bancário e fiscal do bicheiro, da Delta Construções e de sete pessoas denunciadas na Operação Saint-Michel, deflagrada em 25 de abril. Além disso, a 5ª Vara Criminal de Brasília determinou nova prisão preventiva de Cachoeira; do contador do grupo, Giovani Pereira da Silva; e do braço direito do bicheiro, Gleyb Ferreira da Cruz. Eles são acusados de formação de quadrilha e tráfico de influência para obter o milionário contrato de bilhetagem eletrônica do transporte público no DF)

- Estado de Minas: Justiça beneficia 9,8 mil presos por tráfico em MG
(A decisão do Supremo Tribunal Federal de garantir a detidos por venda de drogas, ainda que em flagrante, o direito de responder em liberdade cria jurisprudência e torna quase 10 mil detentos no estado aptos a reivindicar a soltura. Todos eles podem agora requerer o habeas corpus. A deliberação do Supremo gerou críticas de delegados, promotores e autoridades que tratam da criminalidade. Segundo a Seds, o comércio de drogas está por trás do aumento de 11% nos crimes violentos no estado, entre 2010 e 2011)

- Jornal do Commercio: Cresce o número de assaltos (Pernambuco)
(Índices de roubos e furtos cresceram 5,6% nos primeiros quatro meses do ano. Das doze modalidades de crimes contabilizados pela Secretaria de Defesa Civil, oito apresentaram elevação. No mesmo período, a taxa de homicídios recuou 12%)

- Zero Hora: Porto Alegre tem 48% dos casos de roubo de carros do Estado (Rio Grande do Sul)
(Com apenas 14,4% da frota gaúcha, Capital tem concentração de ocorrências que a coloca à frente de Rio e São Paulo. Foram 1.374 no 1º trimestre)

Comente!

Mais lidos da semana

Siga este blog

Arquivo

Tecnologia do Blogger.

- Copyright © 2013 Rodrigo Medeiros -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan | Distributed by Rocking Templates -