sexta-feira, 25 de maio de 2012

Carlos Eduardo: apesar da ofensiva, candidatura ainda respira
Não, a pré-candidatura de Carlos Eduardo Alves à prefeitura de Natal não morreu na praia. Pelo menos é o que assegura o jurista Paulo de Tarso Fernandes.

De acordo com Tarso, o caminho da fundamentação da defesa no caso do impeachment prévio votado pela Câmara é apontar um ligeiro erro no processo.

É que, segundo o jurista, a Câmara teria de votar apenas a indicação do Tribunal de Contas. No entanto, houve o acréscimo de um parecer elaborado pelo vereador Enildo Alves. Seria o suficiente para desarrumar a desaprovação das contas, aprovada por 15 x 6.

Comente!

Mais lidos da semana

Siga este blog

Arquivo

Tecnologia do Blogger.

- Copyright © 2013 Rodrigo Medeiros -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan | Distributed by Rocking Templates -