terça-feira, 8 de maio de 2012


Na noite desta segunda-feira (7), a governadora Rosalba Ciarlini, acompanhada de secretários de Estado, se reuniu com membros do Ministério Público. O objetivo do encontro foi avaliar o relatório e os encaminhamentos do documento produzido pelo MP com base na visita que realizou ao Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel no último dia 30 de abril.

A promotora de Justiça em Defesa da Saúde, Iara Pinheiro, apresentou à chefe do Executivo Estadual oito pontos principais para avaliação. A pauta deverá ser analisada até a próxima sexta-feira (11), quando uma nova reunião será marcada para a apresentação de soluções e melhorias para a operacionalização do hospital.

Entre os pontos apresentados pela promotoria está a nomeação imediata da equipe de direção do Hospital Walfredo Gurgel, composta essencialmente de equipe técnica. Outro ponto foi a atualização, em até 15 dias, do Orçamento Geral do Estado da Secretaria de Planejamento para o Fundo Estadual de Saúde, referente ao primeiro semestre do ano.

Outros pontos:

- Em até 60 dias, a retirada de todos os pacientes internados em corredores do Walfredo Gurgel e Deoclécio Marques, em Parnamirim, com a garantia de leitos hospitalares na rede própria ou contratada, especialmente em caso de leitos de UTI e a efetiva implantação do controle eletrônica, em até 60 dias, de ponto em rosas as unidades hospitalares que compõe a rede Sesap.

- Pagamento, em até 30 dias, das dívidas da Secretaria de Saúde do RN com fornecedores de insumos e medicamentos, gêneros alimentícios e prestadores de serviços, com o monitoramento por parte do TCE/RN;

- Efetiva instalação em até 30 dias da Central de Regulação de leitos hospitalares do Sistema Único de Saúde (SUS);

- Em até 60 dias, a efetiva implantação do ACCR nos Pronto Socorros Clóvis Sarinho e do Hospital Pedro Bezerra, passando os hospitais a realizarem somente o atendimento de urgência e emergência de média e alta complexidade;


Participaram da reunião de hoje o secretário-chefe do Gabinete Civil, Anselmo Carvalho; da Administração, Álber Nóbrega; do procurador-Geral do Estado, Miguel Josino; coordenador Geral do Samu, Luiz Roberto Fonseca e do procurador do Ministério Público junto ao Tribunal de Contas, Luciano Ramos; Kalina Correia, promotora de Justiça da Saúde e Danielle de Carvalho, promotora de Justiça e coordenadora do Caop Cidadania.

Comente!

Mais lidos da semana

Siga este blog

Arquivo

Tecnologia do Blogger.

- Copyright © 2013 Rodrigo Medeiros -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan | Distributed by Rocking Templates -