terça-feira, 29 de maio de 2012


Continua a greve da UERN. A Associação dos Docentes da Universidade do Estado do RN (Aduern) e o Governo do Estado não chegaram a um acordo durante uma audiência conciliatória ocorrida na manhã desta terça-feira (29).

O Estado sequer apresentou proposta, pedindo apenas que os professores voltassem às salas de aula, sem qualquer previsão de quando o reajuste negociado no ano passado será pago. O motivo alegado pelo consultor geral do Governo, José Marcelo Costa, é aquele mesmo de sempre: o governo não sabe quando pode pagar por estar, neste momento, impedido pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

“O Estado tem realizado inúmeros esforços para tentar sair do limite prudencial, mas esse resultado não é em curto prazo. O que pedimos é que os professores retomem as aulas, que o Estado garante continuar as negociações para o pagamento do reajuste", afirmou João Marcelo Costa.

“Nosso pleito é claro, nós queremos saber a data que o Governo do Estado vai pagar o acordo que foi feito com a categoria em 2011. A primeira parte do acordo deveria ter sido paga, mas não há nem previsão. Nós não podemos trocar um acordo já feito e assinado por nada”, disse o presidente da Aduern, professor Flaubert Torquato.

Comente!

Mais lidos da semana

Siga este blog

Arquivo

Tecnologia do Blogger.

- Copyright © 2013 Rodrigo Medeiros -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan | Distributed by Rocking Templates -