quarta-feira, 20 de junho de 2012


O secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke (foto), agendou para a próxima semana visitas aos estádios da Copa de 2014 em Recife, Brasília e Natal. Além do andamento da construção da Arena das Dunas, a entidade máxima do futebol mundial quer saber como estão as obras de mobilidade urbana. E esse é o ponto mais crítico do projeto na capital do Rio Grande do Norte.

“Apesar da Arena das Dunas ser considerado o estádio mais atrasado, com 23% do projeto executado, não tenho dúvidas de que estará pronto no prazo determinado. Já as obras de mobilidades, que constituem o verdadeiro “legado da Copa” para Natal, preocupam pelo atraso. Dos quatro projetos a serem realizados, apenas um saiu do papel efetivamente”, diz o deputado federal Fábio Faria, liderança potiguar fortemente identificada com a área esportiva.

A preocupação do deputado tem razão de ser. Segundo relatório do Ministério das Cidades, três dos quatro projetos de mobilidade são de responsabilidade do Governo do Estado, e todos têm prazo de conclusão previsto para o primeiro semestre de 2014. No entanto, nenhum deles teve as obras iniciadas até o mês de abril passado. Apenas obras de responsabilidade da Prefeitura de Natal foram iniciadas: o Corredor Estruturante, que integrará o Aeroporto de São Gonçalo do Amarante com a Arena das Dunas, e o setor hoteleiro.

Os três projetos do Governo do Estado que, conforme o relatório, ainda não foram sequer contratados são:
- A reestruturação da Avenida Engenheiro Roberto Freire;

- A implantação dos acessos do Aeroporto de São Gonçalo às rodovias federais, totalizando 29 quilômetros;

- A ligação entre o Aeroporto Augusto Severo e o prolongamento da Avenida Prudente de Morais.

Estádio

Em janeiro, quando esteve no país, o dirigente da Fifa se mostrou extremamente preocupado com a situação das obras da Arena das Dunas, na capital potiguar. Dessa vez, há expectativa de que sua impressão sobre Natal será diferente. É o que espera o secretário executivo do ministério do Esporte, Luis Fernandes, que acompanhará Jérôme Valcke nas visitas. Para ele, a situação em Natal, pelo menos no que diz respeito à Arena das Dunas, está controlada.

“Estamos tranquilos. Temos gente fazendo um monitoramento constante e acho que dessa vez ele sairá de Natal bem tranquilo. A Arena das Dunas está até um pouco à frente do cronograma. É pouca coisa, mas está à frente. Não estou falando de outras obras em Natal, como mobilidade urbana. Isso é outra coisa. Mas o estádio está caminhando bem”, disse Luis Fernandes, durante a apresentação da estratégia de sustentabilidade da Fifa para a Copa de 2014, na Rio+20.

Comente!

Mais lidos da semana

Siga este blog

Arquivo

Tecnologia do Blogger.

- Copyright © 2013 Rodrigo Medeiros -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan | Distributed by Rocking Templates -